Gracinda Poesias
"Vida em Poesia"
Textos
ASSALTADA NO ONIBUS

Fui assaltada por dois jovens
Sentada estava no ônibus coletivo
Assustada, fiquei, quando o deparei.
Não sei que atitude tomar
Porém, o meu reflexo,
Fui hábil, peguei,
Minha carteira
A ele me dirigi
Só tenho esse valor.
Ele imediatamente falou:
Tem que dar o que tem
Se não quiser morrer
Estou armado e
Muito louco, não,
Tenho um trocado.
E quero que vocês me entreguem
Tudo o mais rápido,
Vou saltar no próximo ponto
E,  quem chamar a policia
Vai receber um balaço
Essa é uma triste historia
Que não desejo
Que se repita
Dá-me medo, Me dá nojo, Me dá repulsa.
Cada vez se repete a mesma historia
Com outras pessoas também,
Vejo nos jornais e TV
E triste quando acontece
E nada fazem para resolver
Situação como essa.
Assaltos, Roubos, Assassinatos.


Poeta: Gracinda Rodrigues Cordeiro
ISBN: 978-85-5526-567-9



Gracinda Rodrigues
Enviado por Gracinda Rodrigues em 15/01/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras