Gracinda Poesias
"Vida em Poesia"
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

CRIANÇA EU FUI
CRIANÇA EU FUI

Um dia distante muito distante.
Fui uma criança muito interessante.
Na minha infância fico a lembrar
Na minha infância, eu, era uma criança.

Uma criança sempre muito sorridente
Era feliz, radiante, obediente às vezes.
Muito esperta, gostava de dançar, cantarolar,
Sempre muito sorridente.

Sem entender
Sem me preocupar
Só queria ser criança
Reposta tinha na ponta da língua
Assim dizia meus pais.

Papai sempre dizia, tu tens treta na língua.
Eu ria, e saia serelepe.
Sem me importar, por responder.
Era criança feliz
Que só queria viver.

Agora, aqui estou eu,
Lembrando-se da criança que se foi
No corpo e na idade...
Mas, meu espírito de criança não se foi.
Tenho e sinto a minha essência de criança.


Autor: Poeta Gracinda Rodrigues Cordeiro
Livro: “Vida em Poesia”
Pag.92
Gracinda Rodrigues
Enviado por Gracinda Rodrigues em 12/10/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras