Gracinda Poesias
"Vida em Poesia"
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

MEU SOTAQUE
MEU SOTAQUE

Quando ao Brasil cheguei
Com muita tristeza fiquei
Saudades da minha avozinha
Que em Portugal deixei.

Vou contar uma pequena história
Eu era tagarela, mas, aqui no Brasil.
Tinha vergonha de tagarelar
Tinha um sotaque carregado do norte de Portugal
Algumas crianças de mim debochavam
Mas, como era uma criança educada e amável,
Aproveitava meus trejeitos
E dançava meio sem jeito
Com graça, eu agradava,
E assim, fui sendo aceita,
Muitos amiguinhos eu conquistei
As crianças brasileirinhas
Logo se acostumaram
E de mim gostaram
Pediam para eu falar e cantar
Com meu sotaque, eu sorria,
Com muita alegria atendia.


Poeta: Gracinda Rodrigues Cordeiro

Gracinda Rodrigues
Enviado por Gracinda Rodrigues em 22/07/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras